Grupo Lunelli inclui funcionários na rotina de sustentabilidade

04/06/2019

Cuidar do meio ambiente e dos recursos naturais é uma tarefa de todos e, cada vez mais, necessária, tanto em casa quanto no trabalho. Pensando no tema, os colaboradores do Grupo Lunelli terão uma extensa lista de ações positivas que abrangem não só a produção, mas também as pessoas, que replicam esses hábitos sustentáveis em suas comunidades.

O Grupo incentiva a reciclagem de óleo usado, assim como de resíduos, com coletores específicos instalados nas unidades. Nesse sentido, ainda inclui a reciclagem nos processos, contando com uma máquina que refaz as embalagens plásticas utilizadas para embalar os tecidos. Quando o assunto é a água, a empresa é, igualmente, atuante. Para minimizar qualquer possibilidade de dano à natureza, são monitorados todos os efluentes líquidos e atmosféricos, como os provenientes das ramas e caldeiras. A Estação de Tratamento de Efluentes tem capacidade para tratar 200 metros cúbicos por hora, obtendo índices de pureza que atendem a todos os requisitos os órgãos ambientais.

A empresa incentiva determinada ações como modelo para serem replicadas fora do ambiente corporativo

Além disso, a marca Lunelli Malhas e Tecidos é a primeira empresa têxtil brasileira a trabalhar com a viscose Lenzing EcoVero, produto de menor impacto ambiental do mercado. Já a Hangar 33, também pertencente ao Grupo, possui a linha EcoDenin. Nela, lavanderias sustentáveis garantem a qualidade dos produtos agredindo o mínimo possível o meio ambiente com redução de 99% do uso de água na fabricação e utilização de produtos biodegradáveis.

Jeans feito com técnicas de lavanderia que permitem economia de água

Outras ações 

- Para reduzir o consumo de energia elétrica, o Grupo Lunelli possui um sistema de iluminação natural em algumas unidades, com telhas translúcidas nos setores de acabamento e tinturaria.

- Um sistema especial transfere o calor do efluente para a água industrial que ainda será utilizada, reduzindo o consumo cavaco e a emissão de gases.

- O projeto Preservar é Amar estimula a consciência ambiental através das crianças, trocando lixo por livros.

- Recuperação de 910 metros de mata ciliar nas margens do Rio Itapocu e Rio Ribeirão Grande do Norte compreendendo uma área de 39,5 mil, entre 1998 e 2002. Já em 2015, fez o desassoreamento e enrocamento de áreas degradadas às margens do Rio Ribeirão Grande do Norte, recuperando 1.728 metros de área com recomposição de mata ciliar.

 

Números – Indicadores de 2013 e 2019

·         Redução do consumo de água 40.000.000 L/ano

·         Redução do consumo de gás natural 540.000 m³/ano

·         Redução da geração de resíduo têxtil 50.000 kg/ano

 

*Crédito de imagem: divulgação/Lunelli