Fitesa divulga detalhes de novos projetos

20/11/2020

A Fitesa acaba de divulgar detalhes sobre os investimentos em novos equipamentos e projetos de melhoria anunciados em maio e que irão aumentar a capacidade produtiva da empresa em 55 mil toneladas ao ano.

A América Latina irá liderar a expansão de capacidade com a instalação de uma nova linha de produção Reicofil 5 em Cosmópolis (SP). A construção está em estágio avançado e a máquina será entregue em julho de 2021. A sua instalação consolidará a unidade como a fábrica de nãotecidos spunmelt mais moderna na região. Em Gravataí (RS), uma linha de produção totalmente renovada entrou em operação há três meses fabricando nãotecidos meltblown para respiradores N95 e contribuindo para a luta contra a COVID19. Além desta linha, um novo equipamento de meltblown com tecnologia estado-da-arte Reicofil está em instalação e iniciará produção antes do final de 2020. Os investimentos na região irão aumentar a capacidade produtiva da Fitesa em 30 mil toneladas ao ano e triplicar a disponibilidade de meltblown puro, atendendo à crescente demanda dos mercados de higiene e saúde.

Construção do prédio em Cosmópolis para receber a nova máquina - foto: Divulgação/Fitesa 

Capacidade para a produção de meltblown puro também está sendo instalada em outras regiões, com novos equipamentos entrando em operação em novembro de 2020 em Trezzano Rosa (Itália), antes do Natal de 2020 em Peine (Alemanha) e janeiro de 2021 em Simpsonville (Estados Unidos). Estas linhas irão complementar o portfólio de produtos da Fitesa na Europa e na América do Norte com filtros de alta qualidade para máscaras cirúrgicas e respiradores.

Além disso, a Fitesa está investindo em projetos para aumentar os volumes de produção, modernizar sua base tecnológica e aumentar a flexibilidade de seus ativos. Como resultado, no segundo e terceiro trimestres de 2021 outras 20 mil toneladas anuais de nãotecidos spunmelt (divididos igualmente entre os Estados Unidos e a Europa) serão disponibilizados comercialmente para os mercados de higiene e saúde, através da fabricação de nãotecidos para aventais e campos cirúrgicos, fraldas e produtos de higiene feminina, entre outros.

“O ano de 2020 tem sido desafiador para todos nós. Estou muito satisfeito com nossa agilidade na aprovação de novos investimentos que irão aumentar nossa presença nos mercados de higiene e saúde, ao mesmo tempo em que avançamos com a implementação de importantes projetos que já se encontravam em andamento”, declara Silverio Baranzano, CEO da Fitesa. Os projetos em andamento mencionados incluem a aquisição da Freudenberg Hygiene Brazil, da Fiber Dynamics e da Tredegar Personal Care, além do start-up de uma nova linha Reicofil 5 na Tailândia em novembro de 2020 – que, em conjunto, adicionaram mais 130 mil toneladas anuais de capacidade à companhia.

A Fitesa irá encerrar o ano de 2020 com uma participação significativamente mais alta no mercado de filmes e elásticos, além de consolidar sua posição como um dos maiores fabricantes de nãotecidos spunmelt no mundo.