Abit realiza 1º Encontro da Frente Parlamentar José Alencar em 2017

14/06/2017

A Abit realizou, no dia 13 de junho, em Brasília (DF), o primeiro Encontro de 2017 com a Frente Parlamentar Mista José Alencar para o Desenvolvimento da Indústria Têxtil e de Confecção. Hoje, a Frente é liderada pelo deputado federal Vanderlei Macris (PSDB-SP), na Câmara, e pelo senador Dalírio Beber (PSDB-SC), no Senado.

Durante a reunião, o presidente da Abit, Fernando Pimentel, falou sobre os números do setor e os temas prioritários para o fortalecimento das empresas. “Já geramos nesse ano 16 mil postos de trabalho formais. Os números comprovam que nosso setor é capaz”, destacou.

Fernando Pimentel, presidente da Abit, discursa no Encontro

"Reunimos os parlamentares, as entidades e a indústria e ouvimos todas as demandas e, assim, vamos continuar trabalhando", disse Macris. "O governo haverá de estar vigilante, atento a esse setor que é de alta empregabilidade no Brasil”, pontuou o parlamentar.

Deputado Vanderlei Macris enfatiza a importância do setor 

O senador Dalírio Beber também enfatizou a importância da indústria têxtil e de confecção. “Estamos à disposição para trabalhar junto e a favor, no que diz respeito à legislação que tramita no Congresso Nacional. Conhecemos o setor têxtil, sabemos da sua importância, em especial nós de Santa Catarina, do Vale do Itajaí, por ser um setor da economia que garante um nível de empregabilidade expressivo, sobretudo, na questão da mão de obra feminina. Sabemos que, apesar da grave crise que o Brasil vive, nestes primeiros meses de 2017, foi um dos setores que mais contribuiu para a recuperação dos níveis de emprego, que tanto fazem falta, para que possamos recolocar no mercado de trabalho os mais de 14 milhões de desempregados”, afirma.

Senador Dalírio Beber discursa durante encontro

A Frente Parlamentar tem duas pautas de urgência no Congresso Nacional: a reinserção do setor têxtil e de confecção na política da desoneração da folha de pagamentos, contemplada na MPV 774/2017 e o aumento da alíquota do Reintegra para 5% em 2018, programa do governo federal que devolve para as empresas parte dos impostos acumulados na cadeia de produção destinada à exportação.

Empresários e parlamentares participam da reunião

Vários deputados, que são coordenadores regionais da Frente, também ressaltaram a importância do setor e da agenda de trabalho da indústria têxtil e de confecção. O evento contou ainda com a presença de presidentes Sindicais, representantes de Federações de Indústria, representantes de outras entidades, além da presença de empresários e autoridades do Poder Executivo.  







Área do Associado
Esqueci minha senha