Paranatex: 50 anos de produção têxtil em pleno vapor

08/06/2017

2017 é um ano especial para a Paranatex, mais especificamente no dia 8 de junho, pois na data a empresa completa meio centenário de existência em plena forma. Nos idos de 1967, a família Felipe, sob o comando de sr. Fellipe e sra. Diva Nadir, criou o Grupo Têxtil Apucarana, na cidade homônima, no estado do Paraná. A história teve início com um pequeno cotonifício e hoje o grupo é composto pela Ital – Fiação e Tecelagem e Paranatex Têxtil. Também fazem parte do Grupo, a E.F. Agropecuária, as Lojas Paranatex, a Imobiliária e Construtora Refúgio e a Transportadora Caracol.  

Primeiros anos de empresa

Entre dificuldades e desafios, como o incêndio de 1984 que destruiu todo o algodão e outros materiais, a liderança da companhia soube agir firmemente e se sobressair com positividade. Eros Felipe, diretor da indústria, seguiu com a trajetória desenhada por seu pai e permanece no trabalho de gestão. “Continuamos na luta”, afirma.

Planta fabril fotografada de cima em 1982

Sendo assim, a indústria continuou as atividades em Apucarana, funcionando como uma matriz. Já em 2015, inaugurou sua primeira loja fora do País e cravou sua bandeira em Assunção, capital do Paraguai. Ao todo são 650 colaboradores em todas as unidades, sendo que quatro deles que atuam na Paranatex desde a sua criação.

 Tecelagem em funcionamento 

Outra característica interessante envolve a fabricação, que é totalmente verticalizada, a partir da matéria-prima, o algodão, todos os processos necessários para o produto final se concentram dentro da empresa.

Funcionário opera maquinário da fábrica 

Para celebrar a data especial, a Paranatex realizou uma comemoração com todos os colaboradores na sede. 

Sala decorada com tecidos da coleção Centauro Plus da fábrica





Área do Associado
Esqueci minha senha