Com números inéditos, Febratex comemora resultados

29/08/2018

A 16ª edição da Febratex - Feira Brasileira para a Indústria Têxtil, que aconteceu entre os dias 21 e 24 de agosto, em Blumenau (SC), registrou resultados expressivos e que foram alcançados pela primeira vez. O volume de negócios gerados, por exemplo, deve superar o da edição realizada em 2016, que foi da ordem de R$ 1,6 bilhão, estima a organizadora FCEM/Febratex Group. A grande maioria dos negócios iniciados na feira é finalizada no pós-evento, ou seja, até a realização da próxima Febratex, em 2020.

Parque Vila Germânica sediou mais uma edição da Febratex - Foto: Giselle Seibel

Nos quatro dias de evento, mais de 60 mil visitantes conferiram as inovações tecnológicas para o setor têxtil e de confecções de 400 expositores que representam cerca de 2,4 mil marcas nacionais e internacionais. O público também teve a oportunidade de checar 35% a mais de máquinas em funcionamento no local, em comparação com a edição anterior. O evento contou com o apoio institucional da Abit.

Visitantes lotam os corredores da Febratex - Foto: Giselle Seibel 

Hélvio Roberto Pompeo Madeira, diretor-presidente do FCEM|Febratex Group, declarou que a edição 2018 da Febratex superou todas as expectativas. “Foi a maior de todas as edições realizadas até aqui. O saldo foi extremamente positivo para expositores e visitantes em busca de bons negócios e de informações atualizadas sobre o mercado, mostrando a importância da feira para a cadeia produtiva têxtil na América Latina e para a região do Vale do Itajaí, um dos principais polos têxteis do Brasil”, comentou.

Hélvio Roberto Pompeo Madeira, diretor-presidente do FCEM|Febratex Group - Foto: Giselle Seibel 

Lançamentos - Entre os diversos destaques apresentados na Febratex 2018, muitos deles foram protagonizados por empresas associadas da Abit. Uma delas foi a Audaces, que trouxe a máquina de corte automático Neocut Bravo, considerada a mais segura e inteligente do mundo. Entre os diferenciais está a cabeça de corte, que possui mais de 300 sensores, assegurando a melhor condição de corte para diferentes tipos de tecido e alturas distintas de enfesto, com excelência na execução e acabamento. A alta precisão da máquina garante a produção em escala sem desperdícios de matéria-prima através do corte com espaçamento zero entre os moldes. A empresa também apresentou a máquina de corte Neocut SL e o sistema Audaces 360 que facilita todos os processos de uma confecção.

Audaces apresenta lançamentos - Foto: Gabriel CQ Fotografia

Apresentar tecnologias para a indústria 4.0 foi o foco da Lectra, parceira de tecnologia para empresas que utilizam tecidos e couros. Para a feira, ela destacou o Lectra Fashion PLM 4.0, solução para gestão do ciclo de vida do produto e desenvolvida especialmente para essa indústria. Os visitantes também assistiram às demonstrações de corte automatizado para tecidos com estampas localizadas na Vector iX Mosaïc. A solução facilita o encaixe, o corte e a montagem de produtos com estampas, proporcionando um relevante acréscimo de velocidade no processo e na qualidade do produto final, já que o processo de corte manual de peças com estampa localizadas é extremamente demorado. Outra vantagem desta versão da Vector é que ela também atende a todos os requisitos de desempenho em corte automatizado para diferentes espessuras de enfestos.

Lectra atrai visitantes para estande na Febratex - Crédito da foto: Divulgação/Lectra

Já a Epson optou por apresentar, pela primeira vez no Brasil, a impressora Monna Lisa EvoTre (DTF – Direct to Fabric). Desenvolvida pela empresa italiana Robustelli, recentemente adquirida pela Epson, a máquina é considerada a impressora de mais alta qualidade e resolução de imagem para impressão digital direta em tecidos naturais. O equipamento é fabricado na Itália e possui suporte de uma equipe de desenvolvimento de mercado no Brasil. No evento, a empresa também lançou a SureColor F2100, equipamento de ponta para impressão direta em tecidos e camisetas (DTG – Direct to Garment), além dos equipamentos SureColor F9370, F6200 e F7200. Soluções para outros segmentos também estiveram disponíveis, como a SureColor S60600 voltada para comunicação visual, os modelos ColorWorks C3500 e C7500G para impressão de rótulos e etiquetas e a SureColor P5000 para fotografia e provas de cor.

Impressora Monna Lisa é o destaque da Epson - Foto: Divulgação/Epson

Presente em todas as edições da Febratex, dessa vez a Sintequímica - pioneira na tecnologia de dispersão de pigmentos na América Latina e líder nesta linha em estamparia têxtil no Brasil – apresentou linha de dispersões de pigmentos ideal para trabalhar em sistemas de dosagem automática de cores, uma forte tendência do mercado de estamparia têxtil. A linha de pigmentos possui diferenciais importantes em tixotropia, estabilidade e limpeza de cores que permitem que estes sistemas operem em sua total capacidade e sem interrupção. Além disso, a Sintequímica também mostrou pigmentos de alta performance. Apoiada no conceito da sustentabilidade, toda a linha da empresa é livre de metais pesados, 100% APEO-free e com baixos níveis de formaldeído. A empresa apresentou, ainda, novos produtos para pré-tratamentos de estamparia com pigmentos e corantes, bem como os novos produtos de sua representada DuPont Artistri - uma completa linha de tintas com base em pigmentos e corantes de diversas viscosidades já adaptados para cada cabeça de impressão.

Sintequímica presente em todas as edições do evento - Foto: Giselle Seibel

A Rhodia, empresa do Grupo Solvay, fez o lançamento de novos fios têxteis de poliamida inteligentes, funcionais e inovadores, destinados a diversos segmentos do setor de vestuário. Ao mesmo tempo, a empresa aproveitou a ocasião para informar ao mercado que está produzindo no Brasil a poliamida 6 para aplicações têxteis. Na área de produtos novos, o destaque é o lançamento de Amni® Colors Tres, fio de poliamida desenvolvido a partir de combinação exclusiva de fibras que conferem um efeito tricolor e único às peças. A família Amni® Colors reúne fios mesclas e pretos desenvolvidos com tonalidades especiais que eliminam a etapa de tingimento nas tecelagens e malharias. Além de evitarem o risco de manchas e a perda de intensidade da cor, esses fios reduzem o consumo de água, energia e de insumos durante o processo de fabricação da malha ou tecido. Já o fio Amni® Colors Shine, integrante da família de mesclas, traz brilho acetinado e elegante às peças, além do toque gelado e caimento perfeito. No segmento dos fios industriais, o destaque da Rhodia é a linha de produtos Rhodianyl® High-D, que têm alta tenacidade e resistência a abrasão, indicados para a fabricação de tecidos técnicos, linhas de costura para calçados, bolsas e acessórios e diversos outros segmentos. 

Estande da Rhodia no evento - crédito: Divulgação/Rhodia

A lista de empresas associadas da Abit e que também apresentaram seus produtos na Febratex inclui, ainda, Albany, Brasil Botões, Carmelo, Dystar, Etical, Global Química, Hi-Tech LG2 Industrial, Invista, Nilit, Operacional Solution, Piter Pan, Rhodia, Rieter, Sancris, Saurer, Tremembé, Trutzschler, Sensient, SPG Prints e Canatiba. 

Cerca de 2400 marcas mostraram lançamentos na Febratex - Foto: Giselle Seibel 

Paralelo – A Febratex 2018 ofereceu uma programação simultânea diversificada. No Fórum Febratex, mais de 60 profissionais participaram de debates com informação e conteúdo de interesse para o setor no Fórum Febratex. O presidente da Abit, Fernando Pimentel, mediou o debate sobre a estamparia digital na era 4.0 e, no mesmo dia, recebeu homenagem da Associação Brasileira de Técnicos Têxteis (ABTT).

Abit é homenageada pela ABTT - Foto: Divulgação/Abit

Outra ação realizada paralelamente ao evento foi “In Fashion Febratex”, realizado pela Lectra em parceria com o FCEM/Febratex Group e com as empresas Haco, Nilit e Epson. Trata-se de uma versão “pocket” do “In Fashion by Lectra”, evento bianual e que reúne líderes e especialistas para discussões sobre os principais temas da indústria da moda. André Carvalhal, fundador do espaço Ahlma, Alexandre Herchcovitch, estilista e Eduardo Cristian, CEO da Black West foram alguns dos palestrantes. O espaço contou com exposição de peças de coleções de diversas marcas produzidas com tecnologia Lectra.

Espaço In Fashion - Foto: Giselle Seibel 

A Haco, que é mundialmente conhecida pelo desenvolvimento de elementos de identificação e etiquetas para a indústria da moda levou para o espaço alguns dos modelos icônicos da marca, que comemora 90 anos de atividades em 2018. A Nilit Fibers, líder mundial na produção de fibras para moda e performance em Nylon 6.6, apresentou eus tecidos inteligentes. Já a Epson, especializada em tecnologia de impressão digital, comandou palestras sobre o assunto e mostrou diferentes formas de produzir tecidos para os estilistas.

A próxima edição da Febratex está prevista para acontecer, no mesmo local, entre os dias 18 e 21 de agosto de 2020.





Área do Associado
Esqueci minha senha